15 de set de 2008

[ Dica ] Formatos de gravação



JPEG:

Formato mais utilizado na WEB, com sistema de compactação com perda. Isto quer dizer que quanto maior a compactação. maior será a perda de qualidade. Aceita milhões de Cores, modelo RGB e CMYK. Então não é o recomendável para ser impresso, já que existem formatos que tem compactação sem perda.

GIF:

Formato muito usado na WEB, só permite 256 cores. Suporta Transparências e animações com o nome de Gif Animator. Não é recomendavel no uso de Imagens ou Fotos que contenham muitas cores, mais em cores chapadas. É adequando somente para imagens que não tenham transição gradual de cores, como bandeiras e logotipos.

BMP:

É o formato nativo do Microsoft Paint. Suporta 16 milhões de Cores, mas o principal uso está restrito a essa plataforma, principalmente para criar o “papel de parede” do Windows.

TIFF:

É o formato de impressão mais usado atualmente. É largamente utilizado para impressão de trabalhos em gráficas e também quando se digitaliza uma foto com o scanner. Suporta compactação sem perda ( ao contrário do JPEG). Não é compatível com desenhos vetoriais como o EPS, porém pode suportar até 24 canais de máscaras. Na versão avançada também suporta transparências, camadas e possue vários tipos de compactação. É um arquivo editável, pode-se trabalhar com ele no Photoshop, pois o mesmo também salva as layers.

PNG:

Foi Desenvolvido para portar arquivos coloridos de qualidade na WEB, com 16 cm de cores, transparências e compressão sem perda.

PDF:

É uma formato da Adobe baseado e, PostScript que permite vizualizar páginas com textos, desenhos vectoriais e imagens, suporta até 16 cm de cores e múltiplas páginas, porém o photoshop só permite salvar como página única.

EPS:

O Photoshop pode abrir arquivos EPS vectoriais exportados por programas como Illustrator, FreeHand, Corel ou QuarXPress, essa ação é chamada de Rasterize porque os desenhos são convertidos para pixels. Como por exemplo: você pode criar uma arte em um desses programas acima e depois editar e dar os retoques finais no Photoshop.

PCX:

É o Formato nativo do PC PaintBrush, parente do BMP, suporta até 16 milhões de cores, mas não tem qualidade para gráfica

DCS:

(baseado na linguagem do PostScript) Foi desenvolvido pela Quark, exclusivamente para impressão gráfica. Esse formato só admite Modelo CMYK e na versão 2.0 também duotonia.

PICT:

É o formato mais nativo da APPLE, que suporta 16 cm de cores e até 4 canais alpha (para Máscaras).

PSD:

O arquivo PSD é basicamente um arquivo disposto em camadas que é criado usando o Adobe Photoshop. Esse arquivo é compatível com muitos programas de edição de gráficos. Alguns programas que podem ser usados para editar arquivos PSD são o PaintShop Pro 7, Ulead PhotoImpact, Gimp, ImageReady, e, claro o Photoshop.

Texto retirado do site: Photoshop Total

Pin It now!

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

- Todos os comentários passam pelo sistema de moderação antes de serem exibidos.
- Comente com o OpenID ou com o nome/url do Blog, assim, poderei retribuir a visita.
- Se você escreveu ou encontrou um artigo interessante e que seja relacionado ao post, o link para esse artigo no comentário é bem vindo.
- Pedidos de parcerias, somente por e-mail.
- Dúvidas que não forem relacionadas ao post, somente por e-mail.
- Comentários que não tenham nada a ver com o post e com links definidos como SPAM serão rejeitados IMEDIATAMENTE.
- Se você deseja divulgar seu site ou blog, entre em contato por e-mail solicitando um orçamento.


Agradecemos a visita e o seu comentário no Canal Adobe Photoshop

  ©Canal Adobe Photoshop - 2008 - 2016 - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo