15 de set de 2008

Photoshop CS3 - 33 dicas Essenciais por Derek Lea



Aproveite ao máximo os novos recursos do último lançamento da Adobe com esta seleção de truques feita por Derek Lea

Para trabalhar com eficiência ao se criar imagens no Photoshop, três pontos são fundamentais. O primeiro é conhecer um extenso grupo de ferramentas, cujas propriedades são necessárias para que você consiga transferir suas idéias para a tela do computador. O segundo é a flexibilidade. Você precisa criar sua arte de uma maneira não-linear, ou seja, tudo precisa ficar separado e editável em cada etapa do processo criativo. O terceiro ponto é a liberdade. É fundamental poder editar o seu trabalho sem alterar a qualidade da imagem original, o que permite refazer passos sempre que necessário. Felizmente, o Photoshop CS3 vem equipado com novas ferramentas que permitem que você crie com todos esses critérios em mente. Aqui você vai conhecê-las, e mais ainda, vai entender como aproveitá-las ao máximo.

1. ABRACE OS SMART OBJECTS

Mesmo sendo um recurso já presente no CS2, os Smart Objects são a chave para a continuidade do trabalho de forma não-destrutiva e não-linear. Com os novos recursos do CS3, eles ganham em importância. Sua principal propriedade é permitir aplicar filtros e estilos de camada sem alterar o objeto original. Use o novo comando Open as Smart Object no menu File para agilizar o processo de conversão.

2. SALVE PRESETS

Acostume-se a salvar seus ajustes quando achar a combinação ideal para um determinado trabalho. Nos novos boxes de diálogo Black and White, Curves e Channel Mixer, você pode escolher a opção Save Preset no novo botão Palette Menu. Seus presets salvos instantaneamente aparecerão dentro do menu Preset.

3. CONVERTA ANTES DE TRANSFORMAR

Se você vai fazer uma operação de transformação livre para o conteúdo de determinada camada, converta-a para um Smart Object antes. Rotacionando ou redimensionando um Smart Object ao invés de uma camada você não está permanentemente reescrevendo os pixels. Todos os pixels originais ainda estarão lá quando você editar seu Smart Object.

4. USE SMART FILTERS

Smart Filters são filtros editáveis que podem ser aplicados em Smart Objects (veja tutorial nesta edição). A vantagem em relação à aplicação tradicional dos filtros é que o resultado pode ser editado sem afetar o objeto original. Eis outra boa razão para você abraçar de vez Smart Objects no CS3.

5. EDITE SMART FILTERS

Aproveite as propriedades dos Smart Filters. Para editá-los, dê um duplo clique sobre eles na paleta Layers; habilite ou desabilite a visibilidade de cada um, e jogue fora aqueles dos quais você não gostou. Smart Filters vêm completos, uma máscara, que pode ser editada para restringir os efeitos dos filtros somente às áreas desejadas.

6. CONVERTA PARA FILTROS

Se você usar um filtro pelo menu Filter e perceber que esqueceu de converter a camada selecionada para um Smart Object, não se desespere. O CS3 tem uma propriedade muito útil: basta escolher Convert to Smart Filters no menu Filter.

7. CONVERTA O BACKGROUND

Deixe arquivos compridos organizados em grupo. Camadas de background devem ser convertidas para camadas normais antes de serem agrupadas. No CS3 você pode arrastar o cadeado da camada de background para dentro da lixeira da paleta Layers, convertendo o background mais rápido.

8. CRIE EM PERSPECTIVA

Use o filtro Vanishing Point para criar perspectivas realistas. O CS3 não tem mais a restrição de adicionar planos em ângulos de 90 graus. Como resultado, esse filtro está bem mais intuitivo.

9. “ENCAPE” PLANOS

Use o novo filtro Vanishing Point para “encapar” objetos em volta de planos múltiplos. A limitação de acrescentar arte num único plano do CS2 não existe mais, deixando esse filtro perfeito para tarefas que envolvem design de embalagens ou renderização espacial.

10. DICAS DO VANISHING POINT

Trabalhe em camadas separadas para aproveitar o Vanishing Point, evitando colar diretamente na sua arte. Retorne ao Vanishing Point quantas vezes precisar para construir imagens diferentes em planos existentes ou em camadas diferentes. Isso permite que você combine as melhores propriedades de composição de camadas com o Vanishing Point.

11. REMOVA SELEÇÕES COM CUIDADO

Tenha certeza de ter posicionado sua arte antes de remover uma seleção em Vanishing Point, porque não é possível reativá-la depois.

12. COLORINDO EM PRETO-E-BRANCO

A nova ferramenta de ajuste Black and White vai acabar com a conversão na escala de cinza. Mas não ignore a propriedade Tint, que permite criar efeitos de coloração incríveis na sua imagem. Agora, os antigos efeitos duotone parecerão no mínimo toscos.

13. PINTE E COMPONHA

Duplique uma camada de imagem de um arquivo em RGB e então use o efeito Tint da ferramenta de ajuste Black and White. Agora a combine com a imagem abaixo alterando o Blending Mode e a opacidade dessa camada, e também fazendo duplicações.

14. PRETO-E-BRANCO

A nova ferramenta Black and White está em Adjustment Layer, no fim da paleta Layers. Construa várias camadas de ajuste usando Blending Modes, Opacity e ferramentas diferentes. Edite as máscaras das camadas individualmente para esconder elementos e revelar resultados.

15. AJUSTE DE CANAIS

Imagens em greyscale são excelentes para fazer seleções dentro de canais. Quando você edita um canal depois de uma imagem ter sido inserida, é possível ver que as opções dentro do menu Image > Adjustments estão limitadas. Use a nova ferramenta de ajuste Black and White para editar a imagem antes de copiá-la.

16. MASKING METÓDICO

Alpha Channels são recursos excelentes para editar máscaras. Tenha em mente que áreas em branco revelam e áreas em preto escondem, e prepare sua imagem usando o ajuste Black and White para melhor controle e previsão de resultados. Agora a insira em um canal, carregue esse canal como uma seleção e preencha-o com preto para mascarar o conteúdo da camada.

17. SELECIONE RAPIDAMENTE

Pode não ser a ferramenta mais avançada de seleção, mas a apropriadamente nomeada Quick Selection é realmente rápida. O que falta em poder, é compensado em intuição. Use-a para selecionar áreas básicas de cores, exatamente como você usaria a Magic Wand no CS2.

18. COM ISSO, REFINE

Pense na ferramenta Quick Selection como um ponto de partida e na nova opção Refine Edge como a ferramenta do refinamento. Ela possui vários sliders que permitem fazer pequenos ajustes em seleções básicas, deixando-as perfeitas. Portanto, se suas seleções iniciais não estão boas, você sempre poderá refiná-las mais tarde.

19. VEJA AS SELEÇÕES EM PREVIEW

Embora não tenha sido criada para esta finalidade, a opção Refine Edge é uma ótima ferramenta para exibir as seleções que você criou com outras ferramentas. Clique no botão Refine Edge enquanto sua seleção está ativa e desabilite o Preview para esconder qualquer refinamento. Agora escolha uma técnica de preview no fim da caixa de diálogo para ver sua área selecionada na janela de imagem.

20. SUBTRAIA RAPIDAMENTE

A ferramenta Quick Selection tem todas as opções de adicionar e subtrair que você esperava ver na barra de opções da ferramenta. Mas quando se pinta com ela, a ferramenta está automaticamente selecionada para adicionar à seleção enquanto você trabalha. Se seu objetivo é subtrair rapidamente, segure a tecla Alt/Option enquanto pinta sobre áreas selecionadas.

21. ABRACE O CURVES

Muitos usuários ainda gostam de usar o Levels para ajuste de tons por causa da facilidade de mexer nos sliders do Input Levels e no Histogram visível. Mas usar o Curves sempre foi um método mais flexível de ajustar os tons de uma imagem. No CS3 a caixa de diálogo Curves tem sliders de input arrastáveis e um histogram visível à direita da tela.

22. SEM MAIS CORTES

O método de ajuste Brightness/Contrast nunca ofereceu controle preciso, resultando em corte de luz e de detalhes de sombra. No CS3, esse risco não existe mais, e o Brightness/Contrast é uma propriedade útil para tarefas de ajuste de contraste em regiões com escala em cinza, Layer Masks e Alpha Channels. Se você quiser que o recorte ocorra, habilite a opção Use Legacy, mostrada à direita (01). As mudanças do CS3 (02) fornecem melhores resultados.

23. CLONANDO AMOSTRAS

Adjustment Layers podem causar problemas quando se usa a ferramenta Clone, especialmente quando você pega uma amostra de todas as camadas enquanto clona uma camada abaixo dos Adjustment Layers. Para simplificar sua vida, habilite a opção Ignore Adjustment Layers da ferramenta Clone Stamp. Essa opção também está disponível quando se usa a ferramenta Healing Brush.

24. CLONE COM CONTROLE

Usando Healing ou Clone, você freqüentemente vai querer pegar amostras de todas as camadas visíveis. Mas a velha opção Sample All Layers não prevê sampling de pixels indesejados acima de sua camada atual. Um ótimo remédio para isso é a nova opção Current and Below, que fica dentro do menu Sample, na ferramenta da barra de opções.

25. RETOQUE PRECISO

Agora você pode trabalhar precisamente enquanto clona, habilitando a opção Show Overlay da paleta Clone Source. Isso mudará o modo com que você retoca usando o Clone Stamp. A propriedade de alterar a opacidade do overlay durante o trabalho melhora a confiança nos resultados.

26. EFEITOS DE FILTRO DE LENTES

Outro excelente método de conversão em preto-e-branco fica dentro do novo Channel Mixer. Simplesmente habilite a opção Monochromatic e dê uma olhada nas opções disponíveis no menu Presets. Os ajustes de presets são baseados em diferentes filtros de lentes usados quando se trabalha com preto-e-branco.

27. AMOSTRAS DE COR MAIORES

Retire amostras de cor de áreas grandes usando a ferramenta Eyedropper. As novas dimensões para seleção de pixels 11×11, 31×31, 51×51 e 101×101 são especialmente boas para adicionar cores novas à paleta Swatches enquanto você pinta. Você usará nuances inesperadas e úteis quando amostrar cores com essas opções, especialmente com a 101×101. Experimente.

28. EDITE SOMBRAS E LUZES

O ajuste Shadows/Highlights, não disponível como Adjustment Layer, foi raramente usado por não ser possível editar seus efeitos. Mas, no CS3, experimente converter uma camada em Smart Object. Você pode então usar Shadows/Highlights do menu Image > Adjustments como Smart Filter, que pode ser editado e mascarado a qualquer hora. Essa propriedade pode ser trabalhada de modo não-linear, tornando-a uma opção atraente.

29. INCORPORE O ILLUSTRATOR

Adicione arquivos do Illustrator aos seus arquivos do Photoshop como Smart Objects, combinando sua arte vetorial e o trabalho do Photoshop. Clique duas vezes num Smart Object inserido e abra uma versão editável do arquivo no Illustrator. Mudanças salvas serão atualizadas em todos os Smart Objects, dentro do seu arquivo do Photoshop. Não há mais barreiras que bloqueiam a criatividade quando se combina vetores e pixels.

30. USE EXPORT TO ZOOMIFY

Se você está ilustrando com o Photoshop ou criando qualquer coisa que use boa resolução, pode vir à sua mente a idéia de criar um portfólio online que tenha zoom. Use a opção do menu File Export > Zoomify para automaticamente exportar uma imagem de alta resolução que pode ser ampliada com a ajuda do Flash Player. Não fuja dessa ferramenta, achando que precisa de programinhas simples para fazer tudo funcionar. O Photoshop facilita tudo para você. Um arquivo HTML e todos os arquivos necessários são gerados e organizados admiravelmente. Depois, você só precisa colocá-los em seu site.

31. DUPLIQUE RAPIDAMENTE

Experimente segurar a tecla Alt/Option enquanto arrasta sua camada para um novo destino dentro da paleta Layers. É muito melhor do que ir até um item de menu para duplicar um grupo, camada ou Smart Object. Além de mais rápido, o método também permite inserir a camada em qualquer lugar dentro da pilha, em vez de simplesmente colocá-la acima da original.

32. ARRASTE DO ILLUSTRATOR

Com o Photoshop e o Illustrator abertos ao mesmo tempo, experimente arrastar sua arte vetorial do Illustrator para o Photoshop. Os vetores são automaticamente adicionados como Smart Objects. Não dá pra ficar mais fácil do que isso!

33. ADOTE O CAMERA RAW

A ferramenta Camera Raw tem uma série de opções de ajuste e uma propriedade fundamental: todas as alterações são armazenadas separadamente e não afetam os dados da imagem original. A novidade é que agora, além de abrir os arquivos RAW, o Camera Raw CS3 suporta também JPEGs e TIFFs. Assim, você deve tentar fazer quantos ajustes puder antes de trazer suas imagens para o Photoshop. Aperte Shift e clique no botão Open Image para abrir sua imagem no Photoshop como um Smart Object assim que terminar sua edição no Camera Raw, assegurando-se de que todas as edições feitas não prejudicarão a imagem.

Para saber mais:

O livro Creative Photoshop: Digital Illustration and Art Techniques, de Derek Lea (Focal Press, 368p) foi lançado em agosto de 2007. É um guia completo de trabalhos de arte no Photoshop CS3. Pode ser encomendado na Amazon (www.amazon.com) e em outras livrarias online por cerca de US$ 30.

Fonte do artigo: Computer Arts

Pin It now!

2 Comentários:

Anônimo disse...

Olá!

Primeiro, obrigada pelas dicas, adorei mesmo!!!
Tenho uma dúvida que não consegui resolver:

Quero exportar uma logo que fiz no PS como vetores no Illustrator. Ela foi toda construída com smart objects mas, mesmo assim, o arquivo sempre chega rasterizado. E olha que eu já salvei como PSD, PDF, EPS, File>Export paths to illustrator...E NADA!

Sabe como me ajudar? É urgente, se puder, me responda também por e-mail:

isis_mfs@hotmail.com

Obrigada!!!

Jean Carlo disse...

Olá Isis

Olha só, sempre que você importa algo do Photoshop para o Illustrator ele rasteriza as camadas caso estejam em Smart Objects.
O ideal é você criar a sua logo diretamente no Illustrator ou Corel Draw.

Você pode experimentar exportar no formato EPS para não perder qualidade, mas não será o mesmo se você tivesse criado no Illustrator.

Postar um comentário

- Todos os comentários passam pelo sistema de moderação antes de serem exibidos.
- Comente com o OpenID ou com o nome/url do Blog, assim, poderei retribuir a visita.
- Se você escreveu ou encontrou um artigo interessante e que seja relacionado ao post, o link para esse artigo no comentário é bem vindo.
- Pedidos de parcerias, somente por e-mail.
- Dúvidas que não forem relacionadas ao post, somente por e-mail.
- Comentários que não tenham nada a ver com o post e com links definidos como SPAM serão rejeitados IMEDIATAMENTE.
- Se você deseja divulgar seu site ou blog, entre em contato por e-mail solicitando um orçamento.


Agradecemos a visita e o seu comentário no Canal Adobe Photoshop

  ©Canal Adobe Photoshop - 2008 - 2016 - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo